20.12.08

Mágico do Mundo Novo


A morte paira sobre a relva
sinto o dissabor dos seus lábios mórbidos
a liberdade que encontrei na deusa
sucumbiu com os meus sonhos mais sórdidos

sentirei falta do rock
amaldiçoarei a paz
and will blessed the power of the drugs.
Sim. viverei um pouco de sexo.

os atrativos mais singelos
as poesias mais circunstanciais
minhas tattoos mais insanas
sou um tapete. sou um cálice (o seu cálice).

good bye.
Postar um comentário