15.6.09

Esclarecendo o amor

Incrível como se pode suspender as estranhas melancolias da vida e surpreender-se com a inveja que sentem de nós. Mas que culpa temos se pessoas como nós são meros candelabros que encontram o pavor e a luxúria mais errante no aconchego do porão da casa de Deus?É por lá. É lá onde a solidão mora. A cada tempo, falando em segundos, obeserva-se o estalar de dedos apressados para concluir a fuga: - um roubo a banco - a limpeza da casa nos fins de semana - a uma viagem sem tempo de retorno - a um beijo que se encontra perdidamente apaixonado e cheio de saudade. Enumere alguns pontos da vida em que o homem, raramente, conseguiu supor a mais cruel e doce de todas as insânidades: O Amor. Sim, o amor. Ame o amor como a si mesmo, embora a vontade mesmo seja aniquilar o que existe de mais cruel pelo que se faz em Seu nome - em nome do amor (ELE é maior que você, caro Deus. Há muito tempo escreveram que
"Ainda que eu falasse a lingua dos anjos e a dos homens, se eu nao tivesse amor nada seria"I Corintios Cap 13

Nossa como isso soa mal. É lindo! Até Renato Russo cantou, caramba. é... o sussurro vai ser importante.
Os ouvidos que ouvirem vão garantir a sobriedade da alma inalcançável e do coração hipertenso ao desejar que sua primeira vez seja ao menos como um marco em sua vida. isso para jovens e adultos. Nossa! como atravessar anos e mais anos é fácil!? Já estamos em sexo... ops...amor! O mais fútil dos argumentos como prova de amor: O SEXO.
Clamando a morte pedem para sair da vida alheia, da impenetrável confusão dos justos que só fazem amor por amor e assumir um caráter podre de fazer sexo em forma de amor, que transformam relacionamentos em desgraça, filhos em Publicitários e designers da liberdade. Sorria: O amor está em forma de Deus e Deus está em forma de mentira, para os tolos você continua sendo filmado, ou fumado como um droga que visita a mente carregada de problemas e desconta em flagelos contra:
-- Pulmão
-- Cérebro
-- Fígado
-- Coração
-- Melhor amigo(a)
-- ex-namorada(o)
Certo! Vamos para as horas e dias, semanas e meses, anos e décadas, séculos e milênios: Estamos no vigésimo primeiro de uma era que chama de nova onde até os bruxos usam a tecnologia para se informarem do que acontece hoje, ou amanhã, em tempo real...rsrs Imagine o amor numa prateleira: Um urso de pelúcia ou um anel de diamante que nem família simboliza e diz que ter filhos é como uma jóia rara. Nossa: pensar assim parece tão fácil.
Sem problemas de caráter, ser mais um.
Ah.. o amor.. esse sim me faz falta!




P.S:
obrigado pela liberdade.
obrigado pelo caráter.
obrigado pela paciência.
Nem que eu quisesse os deixaria.
Só quem está ao meu lado pode sentir a minha mão e o meu abraço.


Todos vocês são FODA!


Postar um comentário