19.5.11

Alegoria de um principiante

Enquanto a serpente amiga
Se faz presente
O temor gera desconfiança
O interesse mostra-se presente.

Letras, Realidades
humores e parceirias indébitas
Não pagas por capricho
Vaidade.

Lunar para o caos
Amizade ingênua, fugaz.
Senão fosse o céu,
O que seria do mar e dos maus??

                             Alegoria de um principiante
                      A calma, a paciência e a dor
                     Como a cama em prantos
                          Mortal e excitante

                  Pudera amanhecer
                        Como o sol na neblina
                Sem estrelas, emblemas
       Eu, o que preciso ser.
Postar um comentário