28.8.13

Algo da insônia



Não, espera-se da insônia uma resposta na forma de carinho.
Há, então, o parecer de uma outra vontade de viver. Ao lado, em sintonia com as voltas que este mundo híbrido dá.
Quero entender esses números que me despertam à madrugada e agradecê-los por serem tão sutis. Por sorte, o dia terá um simples desconforto, esse de querer deitar novamente ao lado de um bom e aconchegante cruzar de membros. 
Obrigado, vida!
Digo, muito obrigado vida!

"Seja qual for a ferida tudo vai passar" Rael 
Postar um comentário