5.1.09

Semente de Lígia

O teu temperamento difícil
as tuas malícias simetria às minhas
O teu medo ser insensível
vem do ócio e das tuas agonias

De certo que és
a origem do bem e do mal
E em teu nome faz o que lhe apraz
e a sós permanece igual

Como a letra é o teu sorriso,
O céu estrelado acusa a liberdade
Que da tua alma e dos teus ramos
outra semente,outro gemido.
Postar um comentário