16.4.09

O pingo do "I".




Nossos Camelos bebem e secam os riachos da sorte
Encenam os pilares do coração
Justificam os livres e abstém os justos.


Seja como réu intinerante,
seja com o vigor o alimento


Sempre existiram pobres e ricos, mas seriam iguais.
Colegiados de amargura
Imundícies sonoras que me fazem cada dia mais jovem e doente.


Crenças são facilmente absorvidas, basta confiar!
Postar um comentário