10.3.10

Um final legal pra nós dois

Não me venha com essa história
De um amor distante
E que esse conto de fadas
É mais uma ladainha sobre o amor;

O sentimento que conhecemos
Mostra cada obstáculo que derrubamos
Mostra o seu sorriso diante do céu e da terra
Mostra a morte daqueles inúteis que nos cegavam

Presumo a solidão de certos calhordas
que, de infâmia em infâmia, permanecem sóbrios
Julgam algumas tatuagens e brincos à amostra
Pela falta de poesia dos próprios corações

Tudo Certo e errado ao mesmo tempo.
Uma constante piração e tristeza
que não podem sequer abrir a boca
e proferir sinceramente a paz, o amor, a paz, a união.

*
Sabes que eu nunca vou dizer
Tudo tudo aquilo que queres ouvir
Sabes, também, que eu não conheço a palavra mentira
E que o nosso amor não imita
um final legal pra nós dois.
Postar um comentário