28.2.11

Racionais defeituosos.

Qual a razão de estarmos bem?
Qual o motivo de subirmos aos céus em paz e descermos à terra maculada?
Qual a razão de não fugirmos acorrentados por idéias e fantasias?

Preferia entrar no mundo da ilusão a entregar-me à realidade de ser apenas mais um que, sinceramente, é egoísta.
...
É isso: Eu sou egoísta.
Antes assim do que parecer perfeito demais para julgar verdades.
Postar um comentário