7.4.11

Cem passos calçados

Cem passos calçados
Um jeito simples de pedir um beijo.
Inocente em seus desejos
Culpado por ser notado.

Brota do céu uma nuvem
Empoeirada de outros milhares de passos
Esquecendo no cadarço o laço
Um sentimento que vai e vem.

Sorrisos por todo o trajeto
perguntas sobre o cotidiano
sobre o interesse gentil de ser leviano
sobre a paciência e os sinais de afeto.

Sinto falta das emoções,
Hoje as quero de volta.
Com tudo que eu tenho direito, meus tesões.
Que nada, certo é o mundo que dá voltas.
Postar um comentário