26.1.13

| Brightness of my eyes |


Aquele olhar que, um dia trouxe a magia e o encanto, voltará ao seu habitat.
As órbitas que escondem as flores contidas nos teus olhos serão a morada dos sonhos de quase todos os mortais, mas o conhecimento, sobre a tua proteção e afago, permanecerá firme, em mim, como a maturidade de um fruto pronto para o germinar das tuas sementes.
Talvez eu queria permanecer entre os mortais.
E, talvez, o meu sonho sobre a eternidade fará da Lua, cheia, um guia para o teu caminho e o amor estará também lá, como uma estrela ao lado de uma outra que só você enrubesce ao identificá-la: em meus olhos.



Postar um comentário