7.8.09

Adubos Mentais

Sempre sonhei com a sua chegada
e olhando para as árvores,
assim meio sombreadas,
Sorri e chorei por dores e corais.

Costumava sempre passear
Sob a linha do tempo e da escada
sentia apenas que eu queria cansar.
Não chorei, pois eu consegui uma espada.

Aquele fio de corte que mata e dá a vida
E, ao contrário, não tem amor nem justiça,
Sempre pensei na paz e como ela fica
Ao perceber que careta é como todo mundo fica.

Sentimentos colocados à mesa
Conhecem a mais linda face natural.
Eu estou perdendo. Tristeza.
Vem aqui, só o que sentes já é certeza.

O abandono não foi aceito.
Não foi perder você o desejo,
Saiba: NINGUÉM É PERFEITO.
Acredite: NOS OLHOS, É A VOCÊ QUE EU VEJO.
Postar um comentário